O projecto dos "100 dias"

01.01.'08 - Apresentação e arranque do projecto ............ SIC
12.05.'08 - Primeiras conclusões aos 80 dias ................... SIC 02.07.'08 - Transportes amigos do ambiente .................. RTP2
18.09.'08 - Conclusões finais aos 130 dias ....................... TVI 22.09.'08 - Dia Europeu da Mobilidade 22.09.2008 ........ RTP1
02.11.'08 - Caia Quem Caia e as bicicletas ....................... TVI 30.12.'08 - Fim do Projecto dos "100 dias" ...................... RCP
01.01.'09 - Fim do projecto dos "100 dias" ...................... SIC 06.01.'09 - 100 dias na Prova Oral .......................... Antena 3


1 Outra reportagem
2 Outra reportagem
3 Outra reportagem
4 Outra reportagem
5 Carmona Rodrigues


Tese de mestrado "Contribuição do modo BICI na gestão da mobilidade urbana" - Descarregar PDF »»

100 dias de bicicleta pela Europa

Press release de 18.11.2009
ver mais em TVI24 »»»

100 DIAS DE BICICLETA PELA EUROPA
Uma Viagem Cultural pela União dos Povos

Numa iniciativa inédita, destinada a promover modos de vida saudáveis e sustentáveis, o autor do projecto “100 dias de bicicleta em Lisboa" vai agora viajar de bicicleta … pela Europa.

"UMA INICIATIVA QUE JUNTA VONTADES E OBJECTIVOS COMUNS, DE ORDEM AMBIENTAL, ECONÓMICA E SOCIAL, AO MESMO TEMPO QUE PROMOVE OS PORTUGUESES E PORTUGAL"

É assim que Paulo Guerra dos Santos, o engenheiro que em 2008 desmistificou a cidade de Lisboa e a sua relação com as bicicletas como meio de transporte, apresenta o seu novo projecto com o objectivo de promover modos de vida saudáveis, económicos, alternativos e sustentáveis ambientalmente, independentemente da idade ou do estrato social.

100 Cidades, vilas e aldeias europeias vão ser visitadas nestes cerca de 9000 km a percorrer em cerca de 4 meses, que irão unir Lisboa a Helsínquia, na Finlândia … e respectivo regresso, sempre de bicicleta.

Paulo Guerra dos Santos e o seu companheiro de viagem (*) querem também promover a imagem de Portugal e dos Portugueses na Europa, o nosso clima, a gastronomia, a cultura, a história e a nossa maneira de estar na vida, que tanto agradam a quem nos visita.

“Temos um potencial de humanismo e capacidade inata para bem receber, que devem ser promovidos turisticamente” afirma Paulo Guerra dos Santos.

Estes dois “cidadãos europeus, mas com muita alma portuguesa”, como referem, querem promover Portugal, as suas tradições e a sua tecnologia: “Vamos levar connosco um PC Magalhães, ideal pelo seu tamanho, resistência e capacidade, para apoio e promoção ao projecto”, refere este professor de aplicações informáticas.

Nestas também mais de 100 noites, estes verdadeiros “embaixadores do ambiente, mobilidade e qualidade de vida” não irão pernoitar em hotéis, mas sim em casas de famílias europeias que, tendo um sofá ou um quarto disponível, gostam de receber e hospedar viajantes.

“Desta forma conseguiremos partilhar diariamente a nossa experiência com pessoas de diversos quadrantes da sociedade europeia e aprender como vivem estes cidadãos, com os seus diferentes modos de vida, de estar e de pensar”.

Estes dois “jovens”, de 36 e 40 anos, irão arrancar rumo a esta odisseia no dia 1 de Maio de 2010, e regressarão a Lisboa no dia 22 de Setembro, o Dia Europeu da Mobilidade.“O regresso a Lisboa neste dia não é por acaso: pretende ser mais uma iniciativa, das muitas que são realizadas neste dia por toda a Europa, a chamar a atenção para o excessivo uso do automóvel nos centros urbanos”, acrescenta este especialista em Vias de Comunicação e Transportes.

Diversas entidades e instituições, públicas e privadas, poderão apoiar e beneficiar com este projecto, que irá sem dúvida ter projecção além-fronteiras. O impacte e visibilidade de uma epopeia desta natureza pode ligar povos, culturas e costumes, mas também canais de comunicação, informação ou negócio.

“Queremos visitar as comunidades portuguesas espalhadas pela Europa, levando-lhes um cheirinho de Portugal, queremos participar em eventos locais como festas e romarias, queremos levar um pouco da nossa música e tradições, e até cozinhar pratos típicos portugueses para os nossos hospedeiros”, remata o engenheiro a sorrir.

Mais informações poderão em breve ser consultadas no blogue que está a ser criado para que todos possam acompanhar o dia-a-dia deste projecto.

(*) Paulo Guerra dos Santos e o seu companheiro de viagem são utilizadores de bicicleta como meio de transporte em Lisboa. Desde o início de 2008 que se deslocam pela cidade, de casa para o trabalho, utilizando a bicicleta como meio principal ou complementar de deslocação.

2 comentários:

Viskonde disse...

xi, grande aventura.

nao te esqueças de levar umas postas de bacalhau tambem :D

guerradossantos@gmail.com disse...

:)

Relatos de quem já pedala pela cidade de Lisboa .............

São cada vez mais aqueles que usam a bicicleta como meio de transporte em Lisboa ( 29 testemunhos) ....................................... ver mais »

Engenharia Civil - Vias de Comunicação e Transportes

Intermodalidade de Transportes na cidade de Lisboa
Quanto lhe custa TER e USAR o seu automóvel ?
Os "100 dias" nos media

FAQs, Links, e informações de interesse para o ciclista ..........................

O código da estrada e os velocípedes ....................................
Rede de zonas cicláveis em Lisboa .....................................
Estacionamento para bicicletas, na cidade de Lisboa .............. brevemente
Rede de lojas e oficinas de bicicletas em Lisboa ............ brevemente
Transporte de bicicletas no metropolitano de Lisboa ...............
Transporte de bicicletas nos comboios da CP .....................
Transporte de bicicletas nos comboios da Fertagus ................
Transporte de bicicletas nos barcos da Transtejo e Soflusa ............
Custos comparativos com o uso do automóvel ............................ brevemente
Revistas da especialidade ......................................................... brevemente
Associações e grupos de entusiastas ........................................ brevemente
Eventos ................................................................................... brevemente

C.V. resumido


Currículo Vitae
Paulo Manuel Guerra dos Santos, Eng.º Civil.
Contacto: guerradossantos@gmail.com

Dados Pessoais
Nascido em 1973

Experiência Profissional
1995 a 2007 – Colaborador em diversas empresas de Projecto de Estradas e Consultoria (Proplano, Triede, Tecnofisil, Consulógica), onde desenvolveu competências na área do desenho e projecto de estradas, em particular com recurso às aplicações informáticas: AutoCAD, SMIGS e CIVIL 3D.

Experiência Pedagógica
1994 a 2007 – Mais de 6000h de formação ministradas em diversas escolas, centros de formação e empresas do continente e ilhas, nas áreas de Robótica Industrial, CAD, Topografia e Projecto de Estradas Assistidos por Computador.

Estágios Profissionais e Projectos Internacionais
2007 – Participação em projecto académico europeu na área da engenharia hidráulica, na Alemanha.
2007 – Estágio na Finnish Road Administration (Instituto de Estradas Finlandês), na cidade de Turku, na Finlândia.
2006 – Participação em projecto académico europeu na área da engenharia hidráulica, na Holanda.
1993/ 94 – Estágios na área da Robótica Industrial, em empresa tecnológica do sector metalomecânico, em Portugal.

Formação Académica
2007 – A preparar a tese de mestrado sob o tema “100 dias a ciclar na cidade de Lisboa”, com início previsto para 01 de Janeiro de 2008.
2007 – Conclusão da Licenciatura bi-etápica em Engenharia Civil, Ramo de Vias de Comunicação Rodoviárias, ISEL, com média de 15 valores.
1999 – Conclusão do Bacharelato em Engenharia Civil, ISEL, com média de 14 valores.

Formação Profissional em Novas Tecnologias de Informação
1995 a 2006 – Diversas acções de formação profissional nas áreas de Robótica Industrial, CAD, SIG, Topografia, Engenharia de Estradas, Design Gráfico e Criação de páginas de Internet.
1992 a 1994 – Curso de Robótica Industrial, CENFIM, com 3000h.

Formação Pedagógica
1994 a 2003 – Diversas acções de Formação Pedagógica de Formadores e Meios Audiovisuais.

Certificações Pedagógicas
Desde 2000 – Certificado pela AutoDESK, como formador autorizado em tecnologias de desenho e projecto assistidos por computador.
Desde 1998 – Certificado pelo IEFP como Formador, com CAP.

Resumo da situação actual
Actualmente exerce actividade em regime de freelancer como Técnico Especialista e Formador nas áreas de:

- Desenho Técnico Assistido por Computador (AutoCAD), para Arquitectura, Engenharia e Construção, a 2D, 3D e 4D.
- Modelação Digital de Terrenos, para Topografia (CIVIL 3D).
- Cálculo de Vias de Comunicação Rodoviárias Assistido por Computador (CIVIL 3D).

Outras informações
Disponibilidade total. Flexibilidade de horários. Habituado a viajar pelo país e pelo estrangeiro.
Muito bom nível de inglês falado e escrito. Excelentes capacidades de comunicação.
Não fumador. Dador de sangue. Praticante de desportos de combate.