O projecto dos "100 dias"

01.01.'08 - Apresentação e arranque do projecto ............ SIC
12.05.'08 - Primeiras conclusões aos 80 dias ................... SIC 02.07.'08 - Transportes amigos do ambiente .................. RTP2
18.09.'08 - Conclusões finais aos 130 dias ....................... TVI 22.09.'08 - Dia Europeu da Mobilidade 22.09.2008 ........ RTP1
02.11.'08 - Caia Quem Caia e as bicicletas ....................... TVI 30.12.'08 - Fim do Projecto dos "100 dias" ...................... RCP
01.01.'09 - Fim do projecto dos "100 dias" ...................... SIC 06.01.'09 - 100 dias na Prova Oral .......................... Antena 3


1 Outra reportagem
2 Outra reportagem
3 Outra reportagem
4 Outra reportagem
5 Carmona Rodrigues


Tese de mestrado "Contribuição do modo BICI na gestão da mobilidade urbana" - Descarregar PDF »»

Dia 064 - 15/04/2008

SANTOS » RÊGO » CID. UNIVERSITÁRIA » AMOREIRAS » SANTOS

Mais um dia a pedalar em Lisboa. Mais 16 km de puro prazer :) (agora já começo a ser suspeito de dizer estas coisas). A cidade de Lisboa é igual a tantas outras no que toca ao relevo. Com a vantagem de ter um planalto central que ocupa dois terços da área urbana da cidade.

Estou completamente rendido a este meio de transporte na cidade. Sem pressas e sem cansaço, chego aos sítios que preciso. 1:15h a 1:30h é o que gasto em média com deslocações dentro da cidade, usando a minha bicicleta. 15 a 20 km é o que faço diariamente. Em 3 ou 4 troços. Carrego comigo o computador portátil, num dos alforges. No outro, algum equipamento anti-furos e sempre a T-shirt ou camisa lavada para mudar assim que chego aos gabinetes de engenharia ou às escolas. Estes ficam no planalto e para lá chegar, suo um pouco. Ainda hei-de ver na cidade um qualquer sistema implantado pela Câmara para me ajudar a chegar lá cima, rapidamente e sem esforço. Por ora, a técnica de passar uma água pelas axilas, mudar de camisa e colocar um perfumezinho no corpo, vão dando para passar despercebido que sou um utilizador diário de bicicleta :)

Maiores cumprimentos.

Paulo Santos.

3 comentários:

Prof. Karamba disse...

é melhor suar um bocado se não parecia que nem é preciso usar as pernas para andar de bicicleta.

guerradossantos@gmail.com disse...

Curiosamente, este suor é provocado pelo mesmo esforço que já me fez perder 4,5 kg de gordura e alguns centímetros de cintura. Para além da redução dos níveis de stress e irritabilidade. Só vantagens, portanto ;)
Contudo, para uma total democratização e vulgarização da utilização da bicicleta na cidade de Lisboa, este argumento não chega. À semelhança de outras cidades Europeias como a nossa, é necessário criar algo na cidade que permita (ou pelo menos ajude a...) vencer este desnível de 100 metros que existe entre a zona baixa da cidade e o planalto central.

Maiores cumprimentos.

Paulo Guerra dos Santos.

guerradossantos@gmail.com disse...

Curiosamente, este suor é provocado pelo mesmo esforço que já me fez perder 4,5 kg de gordura e alguns centímetros de cintura. Para além da redução dos níveis de stress e irritabilidade. Só vantagens, portanto ;)
Contudo, para uma total democratização e vulgarização da utilização da bicicleta na cidade de Lisboa, este argumento não chega. À semelhança de outras cidades Europeias como a nossa, é necessário criar algo na cidade que permita (ou pelo menos ajude a...) vencer este desnível de 100 metros que existe entre a zona baixa da cidade e o planalto central.

Maiores cumprimentos.

Paulo Guerra dos Santos.

Relatos de quem já pedala pela cidade de Lisboa .............

São cada vez mais aqueles que usam a bicicleta como meio de transporte em Lisboa ( 29 testemunhos) ....................................... ver mais »

Engenharia Civil - Vias de Comunicação e Transportes

Intermodalidade de Transportes na cidade de Lisboa
Quanto lhe custa TER e USAR o seu automóvel ?
Os "100 dias" nos media

FAQs, Links, e informações de interesse para o ciclista ..........................

O código da estrada e os velocípedes ....................................
Rede de zonas cicláveis em Lisboa .....................................
Estacionamento para bicicletas, na cidade de Lisboa .............. brevemente
Rede de lojas e oficinas de bicicletas em Lisboa ............ brevemente
Transporte de bicicletas no metropolitano de Lisboa ...............
Transporte de bicicletas nos comboios da CP .....................
Transporte de bicicletas nos comboios da Fertagus ................
Transporte de bicicletas nos barcos da Transtejo e Soflusa ............
Custos comparativos com o uso do automóvel ............................ brevemente
Revistas da especialidade ......................................................... brevemente
Associações e grupos de entusiastas ........................................ brevemente
Eventos ................................................................................... brevemente

C.V. resumido


Currículo Vitae
Paulo Manuel Guerra dos Santos, Eng.º Civil.
Contacto: guerradossantos@gmail.com

Dados Pessoais
Nascido em 1973

Experiência Profissional
1995 a 2007 – Colaborador em diversas empresas de Projecto de Estradas e Consultoria (Proplano, Triede, Tecnofisil, Consulógica), onde desenvolveu competências na área do desenho e projecto de estradas, em particular com recurso às aplicações informáticas: AutoCAD, SMIGS e CIVIL 3D.

Experiência Pedagógica
1994 a 2007 – Mais de 6000h de formação ministradas em diversas escolas, centros de formação e empresas do continente e ilhas, nas áreas de Robótica Industrial, CAD, Topografia e Projecto de Estradas Assistidos por Computador.

Estágios Profissionais e Projectos Internacionais
2007 – Participação em projecto académico europeu na área da engenharia hidráulica, na Alemanha.
2007 – Estágio na Finnish Road Administration (Instituto de Estradas Finlandês), na cidade de Turku, na Finlândia.
2006 – Participação em projecto académico europeu na área da engenharia hidráulica, na Holanda.
1993/ 94 – Estágios na área da Robótica Industrial, em empresa tecnológica do sector metalomecânico, em Portugal.

Formação Académica
2007 – A preparar a tese de mestrado sob o tema “100 dias a ciclar na cidade de Lisboa”, com início previsto para 01 de Janeiro de 2008.
2007 – Conclusão da Licenciatura bi-etápica em Engenharia Civil, Ramo de Vias de Comunicação Rodoviárias, ISEL, com média de 15 valores.
1999 – Conclusão do Bacharelato em Engenharia Civil, ISEL, com média de 14 valores.

Formação Profissional em Novas Tecnologias de Informação
1995 a 2006 – Diversas acções de formação profissional nas áreas de Robótica Industrial, CAD, SIG, Topografia, Engenharia de Estradas, Design Gráfico e Criação de páginas de Internet.
1992 a 1994 – Curso de Robótica Industrial, CENFIM, com 3000h.

Formação Pedagógica
1994 a 2003 – Diversas acções de Formação Pedagógica de Formadores e Meios Audiovisuais.

Certificações Pedagógicas
Desde 2000 – Certificado pela AutoDESK, como formador autorizado em tecnologias de desenho e projecto assistidos por computador.
Desde 1998 – Certificado pelo IEFP como Formador, com CAP.

Resumo da situação actual
Actualmente exerce actividade em regime de freelancer como Técnico Especialista e Formador nas áreas de:

- Desenho Técnico Assistido por Computador (AutoCAD), para Arquitectura, Engenharia e Construção, a 2D, 3D e 4D.
- Modelação Digital de Terrenos, para Topografia (CIVIL 3D).
- Cálculo de Vias de Comunicação Rodoviárias Assistido por Computador (CIVIL 3D).

Outras informações
Disponibilidade total. Flexibilidade de horários. Habituado a viajar pelo país e pelo estrangeiro.
Muito bom nível de inglês falado e escrito. Excelentes capacidades de comunicação.
Não fumador. Dador de sangue. Praticante de desportos de combate.